Publicações

Se a rede de franquia fechar, quem assume o prejuízo?

Apesar da aparência de empreendimento seguro e com garantia de retorno financeiro, o franchising é considerado investimento de risco.

A possibilidade de falência de uma rede de franquias desperta no franqueado a preocupação com o seu negócio, e das obrigações de cada parte. 

Quando a situação de falência é iminente, o franqueado deve observar se há previsões legais dispostas no contrato de franquia sobre este tipo de situação.

Até a falência ser decretada, ainda há como reverter a situação, reestruturar dívidas e contratos. 

Se o franqueado tem interesse em manter a unidade, precisa verificar as condições jurídicas para que isso aconteça. Caso contrário, precisa se habilitar como credor para conseguir receber os valores devidos.

Durante o processo, tanto franqueado como franqueador precisam continuar cumprindo com as obrigações, como treinamentos previstos e pagamento de royalties.

Neste período, o ideal é tentar chegar a um acordo entre as partes, pois um processo na Justiça para obter indenização pode durar vários anos.

𝐐𝐮𝐞𝐫 𝐟𝐚𝐳𝐞𝐫 𝐚𝐥𝐠𝐮𝐦𝐚 𝐩𝐞𝐫𝐠𝐮𝐧𝐭𝐚? Tire sua dúvida com nosso time de especialistas diretamente pelo WhatsApp (11 98898-9508) ou clicando no link: encurtador.com.br/mrVX1, ou pelo telefone fixo (11 3254-7416). Será um prazer orientá-lo.

Comments are closed.

WhatsApp Fale conosco!